domingo, 28 de fevereiro de 2010

Elefantinhos :)

Não sei, mas acho que a maioria das pessoas viram a reportagem dos elefantes no "Globo Repórter" nessa última sexta-feira, pelo menos eu vi e achei eles tão fofinhos, que deu vontade de ajudar aqueles homens também.

Para começar, eu fiquei admirada com as pessoas que cuidam dos elefantes, achei o trabalho deles tão bonito que até queria ser como eles um dia. Teve um que deixou de ser padre para cuidar dos elefantinhos!

Ah! Vamos falar deles também. Na maioria das imagens aparecia eles brincando, se conhecendo, tomando leite (*------*)... O legal disso é que eles são amigos, como uma turma que faz palhaçada toda hora e se amam! Como prova disso, mostrou a pequena e triste história de dois elefantinhos que se gostavam muito, eram como irmãos, até que o mais velho teve que abandonar o lugar em que eles ficavam, porque depois de uma certa idade eles são livres para viverem com os outros grupos de elefantes na Àfrica. Foi triste, o elefante recuou, recuou mas acabou cedendo -'/

Nha! eu pulei bastante parte, mas eu queria falar especialmente dessa... Um elefantino cego tinha sido encontrado muito fraco na Àfrica, os homens o pegaram para cuidar dele, no começo ele ficou muito bem, ele arrumou amigos, ganhou o coração de todas as pessoas que trabalhavam lá e sua visão estava melhorando. Até que para estragar a história ele morreu, deixando todos (inclusive eu) chorando! *^*
Ah! eu não sei contar essa história para vocês se comoverem também, mas no vídeo fica mais claro e comovente! Primeiro você o vê muito fraco ao lado da mãe no deserto, depois você percebe que ele estava melhorando e gostando do lugar em que estava, até que ele desiste de tudo (ele havia parado de comer)! Bem, eu não posso falar muito, vai que ele estava sentindo ainda muita dor, não sei...=/

Na conclusão, fica que depois que eu assisti a reportagem, eu fiquei mais comovente com tudo o que acontece com eles, não exatamente com eles, mas como também com os outros animais. Eu fiquei com raiva daqueles que preparam armadilhas para depois matá-los, fiquei comovida com a história do elefantinho cego, enfim... Peguei mais amor com os animais, que são como nós, seres humanos.
Queria parabenizar (acho que é uma forma que agradecer à eles, mesmo eles não vendo né?) as pessoas que ajudam os elefantes e também à outros animais, acho um trabalho muito legal e que infelizmente são poucos que arriscam sua vida para salvar as outras tão importantes para o mundo.

PorBella