segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

WE CAN CHANGE THE WORLD

O que muitos pensam em praticar mas acabam não fazendo, é mudar. Você se sente tão acostumado do jeito que está e acaba ficando acomodado, deixando o tempo passar. Seja para mudar de estilo, de comportamento ou até a cor do cabelo, é como se você não fizesse por pura preguiça. Eu e minha irmã por exemplo, dissemos que iríamos mudar no próximo ano. Mas ele vem chegando e nós estamos do mesmo jeito, sem mudanças, velhas.

O mundo conspira nelas, a evolução vem das mudanças. Quando percebemos que certa coisa não está boa o suficiente, vamos lá e criamos outras para complementar. E assim, acabamos fazendo uma mudança. Nem que seja pequena ou enorme, elas são de extrema importância para o mundo de hoje. Não estou apenas falando em criações e tecnologia, mas também do comportamento das pessoas.

Estou lendo um livro que o Bill Gates Sr. escreveu. Lá ele conta como foi sua vida, como ele e sua esposa criaram seus filhos. e como estes criam os deles. Como o costume da família Gates, desde que o escritor era criança, seus pais já ajudavam os outros como podiam. E foi a partir daí, que eu mudei a minha forma de ver a vida. Não a vi mais como ganhar dinheiro e depois gastá-lo com o que eu quero - claro que isso eu não mudei completamente, pois ainda tenho minhas vontades -, eu vi formas de ajudar mais as pessoas que realmente necessitam. Há milhares de maneiras de se ajudar: seja doar roupas em que você não usa mais, ou até oferecer alimento para aqueles que estão com fome, essas maneiras não mudarão nunca. Só basta você ter a criatividade e ajudar como pode. Isso pode não ser costume de todos, mas se começarmos a praticar, estaremos mais perto de um mundo melhor. Bem, com certeza, depois deste livro irei separar algumas roupas para doar às crianças pobres.

Não que mudar seja apenas dessa maneira, mas de enxergar as coisas, assim como eu passei a ver. Mudar seu ponto de vista, entender e respeitar o do outro. Mudar a sua forma de se alimentar, praticar mais esportes, estar presente mais com a família etc. São essas e outras milhares de coisas que fazem parte dessa palavra tão inovadora. Desejo que vocês leitores, em 2011 tenha esse hábito tão fácil e incrível de se expressar, de se mostrar, de formar a pessoa que irá ser no futuro. E de que esqueçam a preguiça, pois afinal, ela é um pecado e essa não seria a maneira correta de se começar o ano. Lembre-se sempre: a mudança começa dentro de cada um de nós, e juntos, WE CAN CHANGE THE WORLD. (Nós podemos mudar o mundo).

Feliz Ano Novo!
PorBella