quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Felicidade

Peguei um tema em que a minha irmã estava se descabelando para escrevê-lo. E eu concordo, é bem difícil falar sobre ele.
Bem, a felicidade é, segundo meu ponto de vista, fazer algo em que você goste. Seja ler um bom livro, ou assistir um filme comendo pipoca junto com sua família, ou até mesmo tomar um potão de sorvete sozinha. Talvez a felicidade esteja nas coisas mais simples da vida, sem precisar fazer muito.
Segundo o ponto de vista da minha irmã, a felicidade acontece quando se tem algo. Falando assim, dá a impressão de ser algo material ou então cédulas com valores altos. Mas eu discordo um pouco. Eu sei que ela não estava falando totalmente nesse sentido. O que ela queria dizer era que, sendo feliz tomando um sorvete, você teria que ter o pote, ou então sendo feliz lendo um livro, você teria que tê-lo. Discordo pois, as vezes, a felicidade pode vir em um vento, uma brisa. Num sol brilhante, ou num céu azul. Eis o que eu disse nas primeiras linhas.
Não sei bem o que eu estou fazendo aqui escrevendo tudo isso. Acho que é para discordar novamente de alguém. Não da minha irmã, mas do meu "sábio" pai desta vez. Talvez essa palavra não esteja muito bem colocada sobre sua pessoa, ou então, nem seja culpa dele ser dessa forma.
Hoje ele nos disse que a vida é trabalho, que não existe felicidade em uma família. O que eu concordo é que depois ele acrescentou dizendo que numa família sempre há altos e baixos. Mas também, baixos todos os dias não seria algo normal. É porque eu meu mundo ainda é um pouco colorido, para mim o baixo tem que durar no máximo uma semana, sendo que não é assim. A tempestade pode demorar para passar e, como diz a musica da Katy Perry, depois da tempestade vem o arco-íris.
Queria escrever algo bonito, mas não saiu bem assim. Vocês não devem estar entendendo nada, aliás é melhor eu parar por aqui, pois já estou falando diretamente demais.
O que queria que vocês entendessem é que a felicidade nem sempre vai fazer parte do seu diário. Pode ser que ele se torne um bando de textos tristes e tediosos para os outros lerem, mas também terão seus lindos textos em que o sol aparece com óculos de sol e um belo de um sorriso.
Talvez eu que esteja completamente errada de ficar quieta e esconder de baixo do tapete todas as sujeiras, ou talvez não, pois o que eu procuro é uma droga que me tira do chão. O bom é que eu faço isso sem ter que me furar ou coisa parecida, aliás, já estou viciada faz uns 15 anos.
A felicidade é sim, algo bem difícil de se escrever ou de se falar. A qualquer ponto de vista, haverá alguém discordando. Mas como o blog é meu, a minha conclusão sobre o assunto é que a felicidade está na cabeça de quem esta a sentido ou não. Você consegue sim ser feliz sobre algo absurdo e errado. É só você atualizar sua página e pegar fatores que te faz feliz. Seja uma lembrança ou uma invenção de situações bizarras. O mundo não é tão mau assim. Deus não é tão mau assim. E como dizem, Ele escreve certo por linhas tortas.

PorBella