terça-feira, 6 de novembro de 2012

.life.



Pensamentos vem e vão. Memórias também. Eu queria ter o poder de guardar tudo. Tudo mesmo, no meu cérebro. Talvez eu não consiga guardá-los porque eu não faço esforço – ou então é falta de atividade física, como diria meu pai -. Mas de uma coisa eu sei e me lembro muito bem. Eu posso fazer com que eu me lembre de tudo o que vou viver. É apenas vivendo. Assim eu até ganho o bônus de fazer com que outras pessoas também se lembrem de mim.